Trabalhadores dos transportes voltam à luta

Os trabalhadores dos transportes estão novamente em luta, contra a diminuição dos salários, em defesa da contratação colectiva, pelo trabalho com direitos e em defesa do serviço público.

A luta, que está a parar a 100% a circulação fluvial no rio Tejo e os comboios, insere-se num conjunto de lutas que, esta semana, se iniciraram na segunda feira, com acções dos trabalhadores da EMEF, envolve hoje, os trabalhadores dos transportes fluviais (Transtejo e Soflusa), amanhã, os trabalhadores do Metro e, depois de amanhã, os trabalhadores da CP, da REFER e da CP-Carga, numa greve de 24 horas, e os trabalhadores da Carris numa greve ao trabalho extraordinário.

Para Abril, já estão marcadas paralizações, na Soflusa, nos dias 4, 5 e 6, e no Metro, nos dias 5 e 7.

Na CP, na CP-Carga, na Transtejo e na Soflusa, manter-se-ão as greves às horas extraordinárias até finais de Abril.

23 de Março de 2011

Esta entrada foi publicada em Sindicatos, Transportes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s